21 de jun de 2013

#protestomaterno: O gigante acordou!

Já escrevi sobre os protestos que acontecem em quase todas as grandes cidades brasileiras, 
e, como mãe de dois meninos, um de 13 e outro de 11 anos de idade, me senti na obrigação de participar do Protesto Materno que algumas blogueiras influentes como Renata Montenegro (Blog Mulher vitrola - facebook dela aqui!) e a Cris Guimarães (Blog Eu, eu mesma e a outra - facebook dela AQUI!), propuseram a fim de atuarem, de alguma forma,
 junto com seus pequenos nas Redes Sociais.
 Sim, porque não é só a juventude que está nas ruas e quer um país mais justo.
Nós mães, profissionais, donas de casa e blogueiras, queremos sobretudo lutar junto para que nossos filhos usufruam desse país melhor!!
Além disso, acho que trazer a criançada para esse discussão sobre cidadania e dar subsídios a eles para que atuem de uma forma mais articulada e inteligente na política e na sociedade em geral.
Eu sou meio revolucionária sim. Confesso que detesto bagunça, baderna e acho vandalismo coisa de bandido cara-de-pau, mas estou engajada nessa luta do povo para o povo e pelo povo!
Tanto que participei, mesmo que de longe, da manifestação do último dia 17 aqui em São Paulo, onde os manifestantes saíram do Largo do Batata e se concentraram na 
Av. Paulista, do ladinho da minha casa!
O cartaz que a gente segurava estava escrito "ACORDA BRASIL!"
 Não acompanhei a multidão, mas cheguei no início da avenida, ali onde se encontra o Shopping Paulista. Fui com meus meninos, que permaneceram no táxi, mas puderam ver, com seus próprios olhos, o mar de gente pedindo justiça social, educação de qualidade, saúde "padrão FIFA" e o fim da corrupção, além da diminuição imediata da tarifa dos Transportes Públicos que foram aumentadas em 20 centavos, estopim, é claro, de todo esse movimento popular!
Falando como mãe, o que mais me surpreendeu foi o nível de compreensão dos meus filhos sobre os acontecimentos. Mais até do que o meu conhecimento do assunto!
No primeiro dia de manifestação, divulgada pelas TVs somente nos jornais da madrugada, onde poucas pessoas do Movimento Passe Livre saíram às ruas para reivindicar o fim do aumento do transporte e alguns invadiram o Shopping Paulista causando pânico nos frequentadores. 
Na ocasião, condenei o movimento pois o que nos mostraram foram apenas o medo das pessoas e algumas coisas depredadas! Falei para os meninos: "Isso é um absurdo! Protestar sim, mas por que quebrar tudo?? Nada a ver!!" e meu filho mais velho foi um sábio ao dizer: "Mãe, mas só assim vão chamar a atenção das autoridades! Você acha mesmo que seria televisionado se não houvesse algo mais forte na manifestação? É assim que se começa uma mudança!"
Claro que coibi a violência e disse a ele que nada justifica espalhar o medo, mas no fundo meu menino tem razão. Alguns movimentos só crescem e ganham voz quando gritam, quando aparecem!
Agora que a coisa cresceu e que o gigante acordou, só peço que não haja mais baderna e nem violência. Que se separe o joio do trigo, o baderneiro bandido daquele que só quer pedir, saindo nas ruas, que o governo nos respeite!
Por isso decidimos também mostrar, aqui em casa, que desejamos sobretudo PAZ.
E, por isso, penduramos panos brancos nas janelas evidenciando esse pedido!
E parece que a vizinhança também aderiu!
Eu e meus filhos não sabemos no que vai dar esses protestos todos.
Mas uma coisa é certa: voltamos a exercer a cidadania, algo que eu supunha esquecido e enterrado!
"Mar" de gente subindo a Av. Faria Lima em direção a Av. Paulista, flagrado pelas câmaras do site UOL!
Acompanhe pelo facebook e pelos blogs amigos outros textos sobre o
#protestomaterno!!
Beijos
Pin It Now!

5 comentários:

Janaína Marson disse...

Certeza que viria isso de vcs!
Povo engajado, viu?! Mó orguio.

Aqui tem pano na varanda, mas só na minha!
:(

Adelaide Araçai disse...

Aqui também estamos no movimento, virtualmente e temos esperança que não precise se tornar algo mais violento.
Confio na reunião da presidente hoje, que ela apresente uma proposta aceitável para melhorar nosso país para que nossos filhos não precisem fazer outros levantes.

Abraços

Adriana Balreira disse...

Lola,
Também apoio a nossa luta, a luta do povo brasileiro. E acho mega importante que as crianças sejam informadas do que está acontecendo e que sim fazem parte dessa luta. Mas lógico sem violência, sem vândalos, sem baderneiros. Tudo na paz que é bem melhor.
Beijos
Adriana

Luciana Aragão disse...

Eita como eu tenho orgulho dessas amigas blogueiras revolucionárias!
achei tão inteligente o pensamento de teu filho!!!! nada neste país se conseguiu na base da tranquilidade, sempre teve gente que se ferrou para que algo pudesse ir pra frente infelizmente!
Eu me manifesto todos os dias com 50 crianças em 2 salas de aula (de manha e de tarde) mostrando a elas o mundo diferente que poderemos ter, bastando querer!
Com certeza algumas assimilarão tudo que digo...
to feliz em ver meu país se manifestando e acordando...de verdade!!!

bjs

Carine Gimenez disse...

Por isso tenho orgulho em ser sua amiga. E tenho muito orgulho desses homens que vocês está criando, formando, preparando para a vida.
Aqui no bairro só eu coloquei pano na janela.
Beijão.