26 de jul de 2011

Dia da vovó!

Não bastava ter um Dia das Mães e tinham que inventar 
um Dia da Avó...mas quer saber? 
Adorei isso! 
Comemorar o dia das vovós é deliciosamente necessário na minha opinião. 
Vó é aquele ser fofinho, cheiroso de talco de lavanda, que veste paletós de lã e faz sempre o nosso bolo preferido! Vó é aquele ser engraçado que vê o que você faz de errado mas esconde dos seus pais, fazendo cara de "tô-nem-aí-pra-minha-mentira"! Vó é aquele ser que fica com você quando seus pais viajam e deixa a TV ligada até de madrugada, permite que você passe horas ao telefone com os amigos e ainda deixa você tomar banho quente por mais de 40 minutos! 
Esta é minha avó materna, a vó "Taveti", como a chamávamos! 

Minha avó era tudo isso e muito mais. 
Era sábia, paciente, inteligente, professora e curiosa. Xeretava tudo, mas sempre com boa intenção. Queria aprender mais! Mesmo com problemas de locomoção, pois quebrou o fêmur numa dessas escorregadas na cozinha e nunca mais se recuperou, fazia questão de estar presente em todos os acontecimentos da nossa vida! Ela estava lá, na minha formatura, chorando emocionada...estava lá, no meu noivado, cortando o bolo...estava lá, no altar do meu casamento, fungando o nariz por mais uma emoção...estava lá quando dei à luz ao Thiago, rindo baixinho por adorar ser bisavó. 
Infelizmente ela já não estava lá quando Rodrigo nasceu...
Ela esteve em tantos momentos meus e hoje eu só queria que ela ainda estivesse aqui....

Parabéns vovós de ontem, de hoje e de sempre!!!
Beijos
Pin It Now!

10 comentários:

Mari Hart disse...

Ai que saudade da minha avó!! Foi mais que uma mãe, foi minha anja protetora que me criou e o que sou hj devo a ela.

Lindo post! Parabéns a todas as vovós!!!

Roberta M. disse...

Embora nao tenha mais avós, infelizmente, acho que é uma das relaçoes mais saudáveis que existe, pura, doce....parabéns prá todos!!! beijocasss

Adriana Balreira disse...

Eu também sinto muitas saudades das minhas avós, principalmente pela materna. Acho que todas nós nos apegamos mais as vós maternas.
Beijos
Adriana

Telma Maciel disse...

Eu lembro como eu amava passar as férias na casa dos avós. Tanto maternos como paterna. Daí a gente cresce e as responsabilidades são outras, mas os avós continuam sendo a delícia da nossa vida, né?
E as boas lembranças sempre ficam na memória! Isso é importante!
Beijos!

Liga dos Esmaltes disse...

Minha vó é tudo na minha vida!!!
Ainda bem que ainda a tenho comigo!!
Mas o bom são as lembranças, ná?
Amo minha vovó! ♥

Fernanda Reali disse...

Marromenooo, hehe nem todas as avós são assim queridinhas... Seria o ideal, mas nem sempre ocorre.

Gostei da foto do bebê-Lola-bochechuda.

beijoooo

Celina Dutra disse...

Lola guerreira,

Me vi só um pouquinho no seu quadro! Agradeço o cumprimento pois mesmo não sendo a vovó padrão, adoro ser avó!

Girassóis nos seus dias!
beijos

Clara disse...

Eu tive uma avó e sinto muito a sua falta. Foi essencial em minha vida e me fez uma pessoa melhor.
Saudades!!!!

Beijos.

Fabiana Tardochi disse...

As minhas avós sempre foram isso e muito mais!
Minha avó paterna se foi 4 meses antes do meu casamento, mas chegou a conhecer o seu primeiro bisneto, já que quando eu realmente subi ao altar ele tinha 7 anos.
A minha avó materna ainda está conosco. É uma doce criatura que consegue cativar e deixar a família todinha unida. Pena que ela esteja enfrentando problemas de saúde desde o começo do ano.
As avós dos meus filhos também são tudo isso. São ótimas e perfeitas! Pergunte para eles rs :)
Um beijo e um ótimo dia

Cinderela Descaída disse...

Muito lindo!
Vó é uma lembrança afetiva forte. Sempre me lembro da minha e dos doces que fazia, do cheiro do quarto dela, da voz. Sempre com muita saudade.
Beijo,