1 de nov de 2010

A quem você engana?

Hoje eu queria falar de uma coisa séria que presenciei acontecer no mundo da internet, mas que não se limitou a esse universo virtual, porque também aconteceu no mundo real. O ato de ser enganado!
Enganar-se ou  enganar alguém, é mais do que comum, faz parte do mundo nosso de cada dia, real ou virtual, infelizmente! Dois fatos que ilustram muito bem o que quero discutir aqui, foram foco nesse final de semana e que me fez refletir muito sobre o assunto. O primeiro foi em relação ao mundo de relacionamentos que vivemos do outro lado da tela do computador. O mundo mudou. Cada vez mais estamos informatizados e conectados! Cada vez mais, por conta da violência, da exigência de uma vida urbana e da loucura do dia-a-dia, estamos mais enclausurados dentro das casas, prédios e condomínios fechados, mas incrivelmente, o mundo se abre com uma velocidade assustadora, onde, apesar da nossa casa parecer cada vez menor, esse planeta visto pelo computador, mostra-se cada vez mais amplo! Temos contato com todo tipo de gente em qualquer lugar do mundo!
Isso é algo fantástico realmente! A informação adquirida nesse mundo é maravilhosa! Mas também temos o lado ruím disso tudo...aliás, como em tudo na vida! Assim como podemos ser enganados por até quem convive conosco diariamente, somos enganados pelas pessoas que nos relacionamos virtualmente, nas redes sociais, comunidades virtuais e blogs. Mas, o que mais me chama a atenção, não é o enganador em si. Esse existe, sempre existiu e sempre existirá! O que me deixou surpresa foi a quantidade de pessoas enganadas pelo provável enganador! Entrei nesse mundo da internet não faz muito tempo, e fiquei extremamente surpresa com isso, justamente porque os enganados são pessoas cultas, inteligentes e conectadas! No mundo dos blogs, escrevemos coisas que pensamos, dicas, conselhos, opiniões, histórias, contos, poemas e até fatos reais do nosso cotidiano. Essa troca de informações diversas, com pessoas que também gostam das mesmas coisas ou até com pessoas que criticam tais coisas, faz com que supomos que ali seja também criado um vínculo de amizade, de relacionamento real. Mas esquecemos de algo básico: o ambiente é totalmente irreal! Sim! Conversamos e trocamos idéias com pessoas diversas, de diversos locais, de diversas naturezas culturais e morais, POR TRÁS DE UMA TELA DE COMPUTADOR! Algumas pessoas podem assumir uma postura completamente contrária ao que ela é na realidade, com um agravante: ela dificilmente será descoberta na totalidade, porque existe a proteção do virtual. Virtual! Algo que é totalmente antônimo do real! E presenciei tanta gente sendo enganada por acreditar em um conto de fadas tão irreal, escrito por um blog que somente li. E que ainda continua iludindo um monte de leitores do mesmo, porque o suposto enganador continua dando contexto fantasioso à história! Por que ele ou ela faz isso? Porque tem gente que ainda acredita! E quem acredita, faz isso por n razões! Por desejar crer num mundo melhor, numa amizade sincera, ter fé na humanidade, na ajuda ao próximo, nas boas intenções! A vida sempre nos prova que existe a bondade por aí! Mas devemos estar sempre atentos a maldade também!
Outro fato foi as eleições para Presidente desse ano. Eu mesma quase fui enganada. Iría votar no Serra, não por ele, mas porque ouvia o que acontecia no governo atual e me indignava com algumas coisas. E Serra, no início, vinha com propostas cabíveis e até uma certa releitura do governo FHC, mas falando apenas das inovações e do lado bom do mesmo, claro! Mas, como sou uma pessoa que busca informação em tudo o que é canto e fico aberta a qualquer opinião, comecei a pesquisar sobre a postura do candidato tucano, perguntar para quem é favor dele e para quem é contra. Além, lógico, de checar todas as informações, tendenciosas ou não. Fiz isso com Dilma também! Acreditei na existência de propostas boas do Serra, mas lembrei que a maldade está aí, basta enxergá-la. E, ontem, votei 13!
Foi um voto consciente. Um voto baseado em dados e em informações colhidas, pensadas e refletidas! Por que votei em Dilma? Por que desisti de votar em Serra? Porque Serra foi mais incisivo na questão religiosa, e de uma maneira torpe, que eu não queria e nem quero compactuar! Começou a fazer campanhas em templos evangélicos, locais que são propícios ao nascimento da intolerância e da maioria dos preconceitos humanos. E eu odeio, tenho horror e abomino preconceito! Seja de qualquer natureza! Quando Serra pegou a Bíblia e vociferou contra a PLC 122, contra uma possível descriminalização do aborto e declarou-se quase semi-Deus, parei!
Dilma também quase foi por essa linha, mas não chegou as vias de fato. Eu não posso querer um Presidente que assina algo dizendo que vetará leis importantes para a sociedade como um todo, em troca de votos que nascem somente do preconceito e não da informação! Também não acreditei no tal blog, não por ser mais esperta, mas porque também busquei informação! Li o blog inteiro, tentei fazer conexão com o que relatava a tal história de amor, pesquisei fotos, datas, locais e principalmente dados que não batiam com a realidade! Conclusão: pela informação descobri candidato falso e história de blog falsa! hehehehe
Acreditar na humanidade, no bom, no sério e útil, é mais que salutar! 
Mas nunca esquecer-se da dicotomia das coisas, do lado perverso dessa mesma humanidade maravilhosa e da existência da maldade, 
também é extremamente positivo! 
Informar-se, perguntar, ler, abrir-se para críticas e opiniões diversas, 
é mais do que necessário! 

Pode mudar o rumo de sua própria história!
Pin It Now!

28 comentários:

Luciane Meira disse...

Oi xuxu, passei só pra deixar um beijinho!!
lu

Fernanda Reali disse...

Ahhhhh, porque não escrevi esse post? Está PERFEITO!

bjs

Lilian Gratti disse...

post sensacional!
assino embaixo!!!
bj
da Li

Clau Finotti disse...

Oi Lola!

Olha só, não gosto da Dilma, não sou fã do PT, mas estou na maior torcida para que tudo saia otimamente bem, não sou do tipo que torce para algo muito ruim acontecer só para eu falar: tá vendo, eu tinha razão...rs...

Tbém não sou fã do Serra... aliás, minha descrença nessa política que temos está cada vez aflorando mais.

E com relação à enganação bloguística, eu tinha ido uma vez no blog porque vi alguma coisa em outro blog, mas nunca segui, nunca comentei nem nada. Qdo vi os lutos nos blogs afora, eu voltei lá e lamentei comigo mesma a morte do suposto príncipe, mas daí fui fuçar direito (pq até então eu não sabia que os dois yellows não se conheciam pessoalmente), e comecei a olhar a história com os dois pés atrás. Não comentei nada pq tinha medo de ser hostilizada, já que, se ela era tão popular, devia ser muito querida, e eu apenas uma iniciante no meio, pelo menos dentre esse grupo de blogueiras.

Acabei não dividindo essa desconfiança com ninguém, e também pouco me importava a vida desses dois seres pelos quais eu não tinha afetos nem virtual nem real. Qdo voltei ao Twitter o reboliço já estava feito.

Acho extremamente saudável e ao mesmo tempo perigoso esse convívio virtual. Como tudo na vida, há que se ter bom senso.

Por exemplo: se eu desaparecer do meu trabalho, da cidade, da minha casa, os vizinhos, colegas e amigos daqui ficarão loucos preocupados. Se eu sumir do mundo virtual até sentirão falta uns dias, depois esquecerão. Os afetos aqui são intensos mas efêmeros. É claro que há muitas exceções de amizades que se tornam verdadeiras, eu mesmo tenho uma amiga virtual há uns 15 anos e nos falamos regularmente. E tem também minha famosa história de amor que começou na net e hoje faz oito anos.

Acho que a maravilha do anonimato da net no início fazia a maioria mentir, mas hoje os enganarores são exceção. Eu, por exemplo, como posso mentir, dissimular, se minha família, a família do meu marido, meus colegas do trabalho, vizinhos, e os amigos da net, ou seja, pessoas de vários contextos diferentes frequentam meus espaços virtuais? Não tenho como ser uma fraude, nem se eu quisesse...rs...

E para não correr o risco de entrar em contradição, melhor ser autêntico, né?

Grande beijo, desculpe pelo comentário do tamanho de um post.

Clau

Clau Finotti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clau Finotti disse...

Ops, eu quis dizer, eu estava na sua casa e você na minha...rs...

Bell disse...

ixxi..já vivi algo assim, ja fui emganada e sei o quanto a gente se sente otária, em situações como essas, mas...tem todo tipo de louco porae querida, e a net é um hospicio delicioso, onde rimos, brincamos mas devemos saber EXATAMENTE o limite de segurança, senão...babau!!

mas, me diz em off. que blog é esse? quero ver..rs

Beijos flor...

Néia (Dulci) disse...

Muito legal o seu texto principalmente a primeira parte em que traz o assunto das farsas virtuais, todo cuidado é pouco nesse vasto e ilimitado mundo de teclas e telas. Estarei te seguindo também pelo twitter, foi através dele que cheguei por aqui.
Um abraço.

Dona Amélia disse...

Ai ai, é, infelizmente a maldade caminha de braços dados com a mentira, né?
Mas uma coisa eu sempre disse e continuarei a dizer: mentir é super fácil, qualquer um faz, mas o difícil mesmo é manter essa mentira, e é por isso que a gente sempre acha a ponta e deserenrola esse fio podre! ;oD

Xeros, amada!
Paty

Patricia Daltro disse...

Olha, fazia um tempo que não lia um post no qual concordasse tanto. Esse final então, é exatamente o modo que penso: confiar, desconfiando, procurando saber onde se está colocando o pé.
Gostei muito mesmo!

Giuliana: disse...

Lola,

Espetáculo de post! Perfeito!

Dois fatos distintos, mas que colocaram a prova o bom senso de cada um. Confiança é um valor de extrema importância, mas um pouquinho de desconfiança é necessário, justamente para decisões e interpretações onde o que está para ser avaliado são pessoas, seja do real ou do virtual.

Crer, mas não perder nunca o bom senso e a intuição. Desde o início da tal história algo me não me soou bem, e olha no que deu.rs

Beijos.

Jurubeba disse...

Parabéns Bia!
Foi uma coisa que aprendi desde pequena: informação é tudo!
Quando a gente busca o conhecimento, vai afundo em determinadas questões, temos um maior discernimento para analisarmos as situações e pessoas!

No caso da fulana e cara que morreu mas não morreu... Eu fiquei triste porque li que o noivo havia falecido (mas não sabia de nada). Quando chegou a mim a primeira desconfiança, olhei o blog, busquei informações e vi que tudo era falso. Infelizmente a pessoa continua com o conto, mentindo... mas isso não me diz respeito!

Quanto a votação, eu escrevi sobre isso, que devemos votar no que acreditamos, temos que conhecer o candidato, suas propostas, quem está em volta dele e decidir por quem achamos melhor.

Adorei seu texto! Beijos ;)

Pati disse...

Muito complicada essa questão do virtual, né?!
Tem toda a questão do caráter, que no olho a olho já muitas vezes nos enganamos... quem dirá no virtual!!!
Tenho muito medo do ser humano... mas ainda prefiro acreditar que temos recurso.

Vivi Oliveira disse...

Oi Lola...bom kkkk não sei nada sobre o tal blog.Mas concordo com a Clau Finotti,não votei na Dilma,mas não torço pra ela se dar mal, pq aí eu estaria torcendo contra mim ;) Cheirinho! Vivi Oliveira

Flavinha disse...

Oi amore,
Lindo post!
Perfect!

Lilah disse...

Eu fiquei tãooooooo contente com o seu voto na Dilma. Por que a gente debateu tanto isso né? E tinhamos posturas diferentes mas no fim acabamos votando naquele que acreditamos ser o melhor projeto. Não só para mim ou você, mas pro país. E foi muito legal fazer isso, com respeito e sem perder o carinho.

Sore o defunto que não é defunto....fiquei me sentindo mal de ter percebido a enganação e não falar com ninguém. Mas ainda bem que a farsa foi descoberta. Por que quem ainda tá sendo enganado tá sendo por que quer, né?

Beijocas!

calma que estou com pressa disse...

oi-
como eu disse no post do ale- acho que é coia para psiquiatra- mas como ale falou - desde que nao mexa com gente boa, que foi tentar ajuda-la ainda- isto foi demais-
sabe que eu a seguia e nem sabia- faz tempos ,nem sei porque entrei segui, e comecei a ler as historinhas e achei um porre tudo aquilo,aquele bla..bla.. de amor - e não consegui pegar o fim da meada , porque tinha post que ela falava que ia viajr semana que vem ,na outra semana tinha o post que ele estava doente e aparecia ela numa festa mostrando as unhas, a festa .. eu não entendia nada ,enunca mais entrei, agora fui reler o post inteiro, putz é muita controversia, e o ultimo falando que fulano, queénamorado do fulano que ...novela mexicana, ela tem uma baita de uma imginação ,ou é um amor platônico que ela repassou no blog... mas a foto do moço ta lá - e sera que ele sabe desta história?
mas confeso qando li a noticia da morte fiqei sper triste que nemquis comentar -fiqeui com pena da moça - e de repente aparece a podridao - e percebo que realemnte podemos ser enganados!
ate aqui!
adorei teu post
bjs
lu

Kelly disse...

Lola por favor me conta o babado do tal blog que enganou a muitos, recebi um comentário anonimo no meu blog, alertando sobre isso, será o mesmo caso que você citou. Me conte que sou lerda que só eu pra entender nas entrelinhas kkkkkkke to curiosa rsrsr
Beijos

lu kowalski disse...

Nossa, seu post é perfeito, parece q vc sabe exatamente o q ta no coração da gente e transforma em palavras. To torcendo pela Dilma, para q ela consiga ser uma chefe de estado digna da confiança de todos nós, quanto ao blog em questão eu conheci apenas no dia em q o "noivo" tava agonizando...depois vi no twitter o post do Ale ai sim voltei la e reli os posts anteriores e realmente nada bate, é uma sucessão de tragédias e desencontros...a ex mulher q faz terrorismo e é uma hacker profissional, a cunhada q é chantageada pelo noivo moribundo, a moça q se gaba de ter dois empregos e ganhar bem mas nunca conseguiu comprar uma passagem para conhecer o moço, tudo permeado com a má sorte do coitado q sofreu acidente, entrou em coma, saiu do coma, teve cancer, pneumonia, coagulo no cérebro, entrou em coma d novo, paralizou os rins, perdeu o movimento das pernas e....morreu! Credo!!!! Por Deus!!!
Querida, parabéns pelo lindo blog, beijos.

Fernanda Reali disse...

Gotei tanto do texto que voltei para relê-lo. Juro! Eita que esta Lola escreve bem!!!

Lúcia Soares disse...

Lola, que bom que consegui acessar seu blog, e chego aqui justamente num ótimo post, de assunto tão pertinente para a blogsofera e para a humanidade: as relações humanas.
Confesso que sempre li o blog em pauta com um pé atrás. Ela apareceu em meu blog e fiquei feliz, fui ao dela e comecei a comentar. Ia acreditando. Embora algumas coisas me parecessem fantasiosas. Depois que ela começou a contagem regressiva para ir para SP e contou que nunca se tinham visto pessoalmente, me soou um gongo...Mas continuei acreditando...Cada um com sua vida e mesmo não entendendo como nunca se encontraram, sendo ela jornalista e por menos que ganhasse nunca poder ter feito uma viagem, nem que fosse de ônibus, viajando 24 horas ou mais; nem ele, seja que profissão tenha, nunca poder? Em quase 2 anos pelo menos umas férias algum teve...
Enfim, a história não acabou ainda...Espero desfecho. Não consigo entender como alguém pode ter essa capacidade de enganar a muitos, sendo óbvio que alguma coisa ia vazar, mais dia, menos dia.
Beijo!

UmaPuta disse...

Achei muito bom, mesmo, as pessoas acham que Bolsa familai por exemplo não é nada e não ajuda o nordeste

Débora Fouraux disse...

Oi Lola! Muito bom o seu texto! realmente precisamos prestar muita atençao nesse mundoo virtual! Obrigada pela visita no Brincando de Decorar! volte sempre! Beijos

Nilce disse...

Menina cheguei tarde mas cheguei.
Muito bem escrito este texto. Perfeito!
Sabe que hoje passados dias já do primeiro caso a que vc se refere, tem gente que diz: não quero julgar, não sei o que aconteceu. Porra! alguém está mentindo e se tem mentira, descarta, cai fora. Fantasia, nem nos contos de fada, pois até eles trazem uma boa lição de moral.
E quanto à eleições, você disse tudo querida.

Um dia vou escrever bonito assim.kkkkk

Bjs no coração!

Nilce

Lilian Britto disse...

Sabe Lola, eu não me sinto enganada por nenhum dos dois candidatos. Nesse 2º turno, votei mais por obrigação e por ser contra voto nulo do que por gostar de qualquer um dos dois. Serra não presta? Ok, concordo. Mas quem é a Dilma? Eu não sei. Mantive meu voto do 1º turno por total falta de opção mesmo. Me arrependi por não ter votado na Marina e talvez ter um presidente mais digno p o meu país. Mas, isso já é passado e ficar discutindo isso, não nos levará a nada. Dilma é a presidente e nada q façamos ou digamos mudará essa realidade. Agora só me resta torcer p q eu esteja errada e q ela faça o melhor governo q esse país já viu, afinal, morarei aqui por pelo menos mais 4 anos, rs.
Sobre o tal blog, apesar de não saber de quem (ou do que) se trata, costumo não me envolver demais, não trazer p o campo pessoal sabe. Penso muito antes de deixar as pessoas virtuais entrarem na minha vida real...
Beijos, boa semana =*

Tays Rocha disse...

Lolita... rs. Eu acompanhei essa história ainda que de longe, acabei acreditando, na verdade porque lia uma coisa aqui e outra ali, nunca me atentei para os detalhes reais. Sou muito boba nesse aspecto, acredito nas pessoas, acredito em contos de fadas e milagres, mas não me comovo o suficiente prá colocar a mão no bolso. A gente não sabe quem está do outro lado, o caráter, a sanidade, a loucura. Concordo com vc em tudo o que disse e com certeza esse episódio serviu prá ficar com os dois pés atrás. Beijos lindonaaaaaaaaaa ;o)

Manu disse...

Ai! q blog é esse e que pessoa mentirosa é essa, tô com MEDOOOOOOO! Não sou o cumulo da esperteza, quem leu um post meu sabe q sou uma besta kkkkkkk (foi por amor gente, releva) Mas, eu ñ sou de acreditar em draaaammmmas, sou cética até q me prove. Presunção de inocência pra mim, só na CF/88. Pq na minha vida, Agora então, acho q qq pessoa vai me enrolar... Eu que tenho todos os motivos para chorar, eu rio, mas as vezes fico d mau humor :) - mataram meu pai num assalto, minha filha nascee 5 meses depois e é deficiente mental, sou gorda e moro mal pacas hahahahah. Mas eu levo e não dramatizo pq acho feio. Mas cada um na sua. E qto à eleiçao, eu concordo com seu motivo para não ter ido no Serra, pois o kra q faz acordo com religiosos é um cafa safado comprador de votos! E sei (li a pouco tempo a CF/88, p/ concurso) q o governo d forma geral ñ pode fazer acordos c/ religião nenhuma. Nem se manifestar em qq de seus templos. Mas qto aos candidatos... eu ñ sei, não lembro, por isso q ñ passei kkkkkkk. Certamente se tem algo é na lei eleitoral q não li. Enfim, eu escrevo d+, Lola, acorda, desculpa é mto mi mi mi. Bjs e Vc está certissima. Amo seus posts e estou sempre aqui.! Beijos

Manu disse...

Ai! q blog é esse e que pessoa mentirosa é essa, tô com MEDOOOOOOO! Não sou o cumulo da esperteza, quem leu um post meu sabe q sou uma besta kkkkkkk (foi por amor gente, releva) Mas, eu ñ sou de acreditar em draaaammmmas, sou cética até q me prove. Presunção de inocência pra mim, só na CF/88. Pq na minha vida, Agora então, acho q qq pessoa vai me enrolar... Eu que tenho todos os motivos para chorar, eu rio, mas as vezes fico d mau humor :) - mataram meu pai num assalto, minha filha nascee 5 meses depois e é deficiente mental, sou gorda e moro mal pacas hahahahah. Mas eu levo e não dramatizo pq acho feio. Mas cada um na sua. E qto à eleiçao, eu concordo com seu motivo para não ter ido no Serra, pois o kra q faz acordo com religiosos é um cafa safado comprador de votos! E sei (li a pouco tempo a CF/88, p/ concurso) q o governo d forma geral ñ pode fazer acordos c/ religião nenhuma. Nem se manifestar em qq de seus templos. Mas qto aos candidatos... eu ñ sei, não lembro, por isso q ñ passei kkkkkkk. Certamente se tem algo é na lei eleitoral q não li. Enfim, eu escrevo d+, Lola, acorda, desculpa é mto mi mi mi. Bjs e Vc está certissima. Amo seus posts e estou sempre aqui.! Beijos