16 de set de 2011

O almoço do vô - atualizando post: Para una bella pasta...um belo molho!!

Toda quinta-feira eu tenho um compromisso mais que sagrado: 
fazer o almoço que acontece na casa do meu avô  Lobato. 
Esse almoço de quinta-feira é uma tradição de família. 
Minha avó era filha de italianos da Calábria e o "cereal" que ela sempre comia e fazia não era arroz ou feijão e sim a macarronada da Nona! Mas como macarrão engorda e todo dia acaba enjoando, ficou estabelecido que esse prato seria servido somente um dia na semana, mas que seria eterno enquanto a família durasse...hehehehe Por isso, faça chuva, faça sol, seja feriado ou dia útil, quinta-feira é dia de pasta na casa do meu avô! É o dia que todo mundo se reúne à mesa para ter aquele almoço em família, momento único que era realmente algo cotidiano mas que, atualmente, poucas famílias perpetuam esse costume. 
A vida anda muito corrida, cada um tem seus compromissos  e seus horários preenchidos...mas a gente se esforça pra manter ao menos isso como folclórico na nossa casa! Mas vovô está velhinho...não tem mais condição de preparar o molho e o macarrão. 
Ah! Esqueci de contar! Minha tataravó era responsável por fazer a tal pasta na família. Depois a tradição passou para minha bisavó Anna, uma Napolitana fofa que sabia cozinhar como ninguém! Quando ela se foi, o trabalho ficou por conta da minha avó. O normal era que isso passasse para minha mãe, mas mamãe não é chegada em panelas e colheres...hahahaha e então, quando vovó faleceu, meu avô quis assumir esse papel do Nono cozinheiro! Só que ele envelheceu e acabei pegando às honras e fazendo a tal pasta de quinta-feira na casa dele! E para mim isso é um verdadeiro prazer! Eu já escrevi essa receita aqui no blog, mas quero recordá-la mais uma vez! Na verdade, o segredo de uma boa pasta, um bom macarrão não é só a massa, mas o molho. O preferido do pessoal da minha família é o molho à bolonhesa.
Para fazer o molho à bolonhesa eu uso:
- 500gr de carne moída (pode ser qualquer uma. Costumo usar patinho ou coxão mole);
- 1 lata de estrato de tomate;
- 1 garrafa grande de molho de tomate pronto, sem pedaços;
- meia cebola picadinha;
- 2 dentes de alho bem amassados;
- 1 colher de sopa cheia de margarina sem sal;
- 2 tabletes de caldo de carne;
- 1 pitada de pimenta moída na hora (ou pimenta-do-reino);
- 1 punhado de cebolinha bem picada;
- 1 punhado de salsinha bem picada;
- 1 pitada de orégano;
- 2 folhinhas de manjericão (se preferir. Não é sempre que coloco);
- 1 colher rasa de sobremesa de açúcar ou algumas gotas de adoçante;
- sal à gosto.

Preparo

Derreta a margarina numa panela, colocando somente a carne moída para refogar. Mexa a carne de vez em quando, até ela ficar bem seca e soltinha, sem aqueles gruminhos de carne como se fossem pelotas (odeio isso! hahahaha Gosto de carne moída bem soltinha!).
Depois dela refogada e soltinha, bem seca, jogue a cebola, o alho e refogue novamente. Quando a cebola ficar mais molinha, acrescente os tabeletes de caldo de carne, a cebolinha, a salsinha, o orégano e as folhas de manjericão. Refogue mais um pouco.
Daí coloque o extrato de tomate e o molho de tomate da garrafa. Mexa e acrescente uma colher de sobremesa rasa de açúcar ou algumas gotinhas de adoçante. Isso tira todo o gosto meio ácido do extrato de tomate! Coloque a pimenta e se preferir, mais uma pitadinha de sal. Se você quiser fazer o molho render mais, pode acrescentar um copo americano de água. Baixe o fogo no mínimo e deixe ali, apurando! Está pronto! Você pode servir esse molho com qualquer tipo de massa que preferir!
Não é delicioso? Eu acho! 

Beijos

Pin It Now!

13 comentários:

Flávia Mergulhão disse...

Lola,
Eu fico encantada com as famílias que tem tradição!
Que coisa mais linda!
Um beijo afetuoso no seu Nono...e que macarronada linda!!!
Bjos

Bia Jubiart disse...

Que carinho gostoso!

Lola, vou me convidar p/ visitar nas quintas o vovô Lobato... Amo massa!

Dia 19 (segunda-feira), temos lançamento na Jubiart, dê uma escapadinha e viagem na nova Coleção “Primitivus”...
Um dia iluminado p/ vc!
Beijo no coração!

Liliane de Paula disse...

Todo sábado nós nos reunimos na casa de minha mãe, para almoçar. Mamãe foi a pior cozinheira do "meu mundo". Quem se encarrega de orientar a seviçal é minha irmã Suiane, que tb deve ser a pior cozinheira do "meu mundo".
Não sei do mundo dos outros. Mas, do meu, tenho certeza.

Telma Maciel disse...

Ai q delícia... eu tbm AMO massa! E tô devendo uma macarronada pra umas amigas (na verdade, elas é q estão me devendo a visita kkkk) e vou fazer o molho como vc descreveu aqui... Não que o meu seja ruim, ele sempre acaba! kkkk Mas é bom incrementar um pouco mais, né?
Beijo

Adriana Balreira disse...

Adoro essas tradições de familia, não tem coisa melhor. Aqui em casa todo domingo é dia de nos encontrarmos e fazer aquele almoço!
Adorei essa receita, já tinha falado aqui mas não me canso de repetir! Eu amo massa! Todo tipo de massa! E ao molho bolognesa para mim é o melhor molho que existe! Esse seu é maravilhoso mesmo!
Beijos
Adriana

Jay disse...

Ei.
Linda a tradição de família, e gostosa também.
Uma deliciosa macarronada semanal é tudo de bom, né?
Que continuem tendo muitas e muitas semanas "macarrônicas"!
Beijos!

Turquezza disse...

Tão bom essas reuniões descontraídas.
Essa carninha com molho fica deliciosa, faço assim também.
Parabéns pela linda tradição da família!
Beijos.

Andreia Lica disse...

Que delícia, você manter uma tradição tão gostosa. Fiquei com água na boca.

Bjos

Fernanda Reali disse...

Tirando os tablestes de caldo pronto - veneno para mim que tive enxaquecas - aprovei a receita e fiquei com água na boca!

Muito obrigada pelo coment no post em que publiquei o coment da Bianca.

beijooooo

Luciana Aragão disse...

Ummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...nhammm nham, nham... delícia! Massa é comigo!
bjs

Dona Amélia disse...

Aqui em casa as reuniões familiares sempre foram aos domingos, e tiveram fases... rs A que mais durou foi a da Galinhada com Tutu a mineira. rs
Trocaria perfeitamente por essa pasta, mamma mia!! ;oD

Xêros linda
Paty

Menina no Sotão disse...

Eu adoro cozinhar e como boa italiana que sou ir para a cozinha é um raro instante de prazer e faço de tudo por lá. Claro, sem seguir receitas. Sou viciada em imagens. As fotografias dizem tudo pra mim e pronto. As pastas ao sugo ou ao molho de salsa são minhas favoritas. Claro. Afinal, aquele vermelho do tomate em contraste com o verde de salsa me abre o apetite.
Adoro essas histórias de família. É muito agradável "participar" desse folclores ou apenas saber deles.

bacio e bom fim de semana

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

demais essa história. eu tb sou neto de italiano, minha avó. e claro, não podia faltar uma boa massa, todo o domingo.

vou pegar essa receita desse seu molho bonito. eu amo macarrão!
bjs