28 de set de 2011

Há amor em mim!!!

Parece fácil escrever sobre o amor, mas não é. Acho mais fácil senti-lo. Mesmo assim, tentarei aqui expressar o amor que tenho dentro de mim, até como forma de homenagear
a amiga Elaine Gaspareto que propôs essa maravilhosa
Blogagem Coletiva, "Há amor em mim!" para comemorar
os 3 anos do blog dela! 
Eu sei que tem inúmeras formas de amar. 
Tem gente que ama bicho. Outros amam pessoas. Outros que se amam demais. 
E há aqueles que amam objetos. Existem pessoas que acham que amam. 
E outras que acham que não conhecem o amor. 
Cada um tem uma visão desse sentimento tão nobre, mas tão complexo!
O amor que há em mim é lembrança.
É quando choro baixinho, molhando meu travesseiros com lágrimas que parecem ser tão infinitas, e automaticamente me lembro do toque das mãos da minha avó nos meus cabelos...ah! Como era bom sentir esse afago! Sempre foi bálsamo. Sempre foi consolador. E quando me lembro dele, mesmo não sendo real, mesmo que seja só na memória, minha tristeza desaparece!
O amor que há em mim é luta.
Quando a desesperança bate no meu espírito, e eu sinto que vou fraquejar...mas daí escuto vozes doces de meninos pequenos, que ainda precisam tanto de mim, me chamando!
Meus filhos gritando "mamãe!" é como antídoto para minha súbita depressão!
O amor que há em mim é amizade.

Quando parece que meu mundo é uma ilha, onde não existe ninguém para me apoiar...quando a decepção insiste em aparecer para mim, ouço e leio palavras de carinho, de estímulo e de pura consideração, pessoalmente, pelo telefone ou pela tela do computador!
O amor que há em mim é trabalho.
Quando o tédio chama meu nome, muitas vezes me acusando de coisas que só estão na minha cabeça, a vontade de aprender algo novo e fazer renova meu coração! 
E finalmente, tudo isso, se resume a uma felicidade imensa,
que muitas vezes se
mistura ao
amor que há em mim!
Parabéns Elaine! 
Pelo blog, pela sua coragem em compartilhar 
o que você tem de melhor com a gente!
Beijos
Pin It Now!

42 comentários:

Bia Jubiart disse...

Bom dia Lola!

Hoje a blogosfera amanheceu cheia de amor... Elaine é demais!

Linda forma de vc encontrar o amor em vc!

Um dia luz p/ nós!

Beijoooooooooo

Celina Dutra disse...

Lindo texto para celebrar o amor! Amar é muito bom!

Girassóis no seu dia.
beijos

Fabiana disse...

Lola!

Que texto gostoso de ler... Lindas palavras sobre o AMOR. Reflete muito bem o amor que há em vc!
Assim como vc meus filhos me fazem levantar sempre a cabeça e viver!
Já vi que vou passar o dia de hoje com lágrimas nos olhos...

Bjos, Fabi

Neli Rodrigues disse...

Vc arrasou no texto, lindo e falou tudo.
Bjs♥

Carine Gimenez disse...

Menina
Tu arrasou hein!!
Beijão.

Fernanda Reali disse...

Muito bom, Lolinhaaaa!

Eu me identifiquei contigo. E no amor que há em mim tu apareces na imagem da cartinha cheia de amor que me enviaste. Um beijo, amiga, muito obrigada!!!

Josiana Leite disse...

Lindo post, sem amor nada somos. grande abraço

Elaine Lobato disse...

Nossa tá muito bom esse post! Um dia chego lá! rsrsrs
Concordo com você é muito fácil quando fazemos algo com e por amor (as coisas parecem fluir, tudo se encaixa) afinal amar é um sentimento que não tem igual!

bjs

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) disse...

Tua vozinha continua afagando teus cabelos. O carinho, o maor não são vencidos pela morte. Ele é infinito, sublime. Como é o amor que move a mãe guerreira.
Lindo post, Lola!

LILIANE disse...

Lola, querida
fiquei emocionada aqui, sabia
quando você imagina sua vó cuidando de você, acredite, essa crença, essa lembrança ativa o que há de melhor no seu organismo e por isso é que você fica tão bem.
Eu tenho problema serio de ansiedade e depressao e esse exercicio me ajuda muito e além disso, esta lembrança só te deixa feliz, ne.

bom dia pra voce, viu..
linda demais sua participação.

A Diva disse...

Lindas fotos, linda postagem.
Eu estou participando também da blogagem coletiva.

http://maniasdadiva.blogspot.com/
bjos

She disse...

Ahhhhhh Lola, ficou linda demais a sua participação, intensa e ao mesmo tempo de uma sensibilidade incrível, adorei! ;)
Beijo, beijoooo!
She

Adriana Balreira disse...

Ah Lola, que post lindo esse seu...Quanto amor nas tuas palavras. Vc mesmo é puro amor.
Beijos com muito amor!
Adriana

Dani disse...

Realmente não é fácil falar sobre o amor... Mas você foi muito bem na sua contribuição da blogagem coletiva.
Ah, e adorei minha fotinha por aqui.
Beijo grande! E precisando sabe onde me achar.

Crys Leite disse...

Amor é para sentir não para entender ♪ Vc se expressou tão bem através das palavras que ficou fácil entender o complexo...Beijos!

Dona Amélia disse...

SEmpre ouvi que amor de avó é amor de mãe duas vezes, e acredito nisso também!
E sabe, você se faz tão presente, que sinto o eu carinho, o teu amor em cada post, em cada palavra que me dedica e acredito que não sou a única! ;oD

Obrigada e muito mais amor pra ti, sempre, bonita!

Xerinhos
Paty

Andreia Lica disse...

Eu já estava chorando quando começaste a falar do amor que sentes pela tua avó...
Desabei quando vi teus filhos e depois a nossa fotinho.
Amizade é uma forma de amor sublime.
Lindo post amiga.

Bjão

Cissa Branco disse...

Lola,

Minha amiga, emocionante seu texto, sentido, profundo, verdadeiro. Grandes beijos!

Fabiana Tardochi disse...

Eu já tinha vindo aqui, me debulhado em lágrimas e não consegui comentar. Voltei, vou tentar comentar.
Vc tocou num amor que me faz ainda sentir aquela saudades dolorida, sabe?
E me identifiquei tanto que vou começar a chorar de novo...não consigo.
Lindo texto.
Beijo

Janaína (Abacate) disse...

Chorei!
De amô!

Pepa disse...

Oi Lola, é a Vi, amei suas palavras, seus amores, essa blogagem coletiva esta me fazendo chorar muito, fortes emoções, podíamos cantar juntas a musica do Roberto Carlos, são tantas emoções,kkk, sou muito desafinada.
Beijos,Vi

Ju Ramalho disse...

Que lindo texto Lola! Muito verdadeiro sobre vc! Acho que somos tão reais no que escrevemos que não há amor maior do que sermos nós mesmas nos nossos acertos, erros né?

Adoro ver a carinha dos seus meninos, vcs dividiram bem, um se parece com seu marido e o outro com vc!

Bjos no coração1

Orvalho do Céu disse...

Minha flor
O trabalho é o amor em obras...
Há amor em mim
Há amor em ti
Há amor em nós
Bjm de paz

Alessandra disse...

Linda declaração!o seu blog é ótimo e tive a opotunidade de conhecer graças a blogagem!
Estou seguindo!

Bjo bjo

http://eutenhopressaemuitacoisameinteressa.blogspot.com/

A FADA DAS AGULHAS disse...

Amei as fotos e a postagem!
O amor é tudo de bom!

beijooo

Beta disse...

Que gracinha Lola.
Realmente esta blogagem é muito boa!
bj
Beta

casa filhos e marido disse...

Oi Lola adorei sua visitinha e claro vim até aqui retribuir. Essa blogagem coletiva é ótima aproxima as pessoas e nos mostram blogs fantásticos.
Muito bonita sua participação na blogagem uma linda homenagem.
Ja to te seguindo bjao

Telma Maciel disse...

Ai, Lola, q lindo!!! Expressar o amor de várias formas, por vários motivos! Adorei mesmo, mesmo!!!
Beijão!

Sandra disse...

Nossa Lola, acabei de postar!!!

Lindo texto o seu, não tive oportunidade de participar pq fiquei sabendo muito em cima da hora mas me emocionei com todos os textos da blogagem coletiva.

Abraço :)

Bibia Bueno disse...

Existe gente que ama isso, que ama aquilo e gente (eu) que ama tanta coisa que acha que a vida é pouca.

Fácil escrever sobre o amor? eu hein, quase fugi dessa postagem...

Mahria disse...

Foi mesmo difícil falar de amor. Mas lendo aqui, vi os amores mais bonitos em ti.


Bjs
Mah

Iara disse...

Lola meu tesouro, adorei tudo o que escreveste.
Para mim uma forma de lembrar que há amor em ti é quando lembro teu sorriso (ele é lindo mesmo em fotos), e isso me dá uma certeza enorme que há muito amor em ti.
Beijos marida linda

Rosa Branca disse...

Oi passei para visitar a blogagem coletiva gostei do blog e estou seguindo! Me visite www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com e www.patyiva.blogspot.com Bjos

Bel Rech disse...

Que gostoso esse amor...Existe amor em tudo que fazemos em simples gestos...
Paz e bem

Joana disse...

Também acho difícil falar de amor, mais fácil senti-lo. Mas no trabalho, no carinho, nas palavras, tudo isso pode ser expressão de amor.
Lindo texto.
Beijinhos

Turquezza disse...

Oi Lola! As boas recordações nos reconforta e isto continua sendo o amor eterno.
Beijos.

Carla Pessoa disse...

ah como é bom recordar!!!essa semana estou saudosa...essa semana entro nos enta..rsrs
parabéns pelo blog sempre que posso dou uma espiadinha por aqui..bjkas
Carla Pessoa

Renata Guidinha disse...

Estou lendo cada postagem dessa blogagem coletiva e não me arrependo. Tem sido muito gratificante saber do tantão de amor que há espalhado por aí.
Linda a sua postagem.
Bjks
Renata http;//cercaviva.blogspot.com/

Luci Cardinelli disse...

Tão bom ter tantos amores não é?
Quando me lembro de minha mãe, o que mais into saudade é de deitar no colo dela e ganhar cafuné... Vc falando da sua avó me fez lembrar disso.

Que bom fazer parte de seus amores :)

beijosss

MARLENE disse...

Oi, parece tão difícil falarmos sobre o amor, mas quando começamos percebemos que há muito o que dizer sobre ele, não é?
Lindo seu texto! Lindo demais!
Bjs,

Marlene Paz
Flores e Framboesas

Vanessa disse...

Lola,

Chegando atrasada para conferir sua postagem no aniversário da Elaine. E que bonito, você fez um belo resumo de seu amor.

abraço

Elaine Gaspareto disse...

Querida,
Eu chorei quando li, e agora ao reler, caí no choro de novo.
E só quero dizer que o amor não é vencido pela morte, e nem é sufocado pelos dias ruins.
Muito obrigada por participar de forma tão pessoal.
Beijossssss