11 de mar de 2011

Aha!!! Uhu!!! Ô Lelê eu vou comer seu bolo!!

Genzass! Eu aqui com a cabeça supitando que nem panela de pressão, um coquetel de remédios e afins, mas não podería nunca me esquecer de homenagear uma pessoa linda, admirada, amada e querida dessa nossa blogsfera! Estou falando da bailarina oriental mais bonita do planeta: a Letícia, dona do Blog Casa de Catarina!!! Lelê, como a chamamos de forma carinhosa, é um doce!
Tem sempre uma palavra amiga, apesar da correira em que vive, entre trabalho, casa, marido e logicamente, blogs e twitter! hahahaha Ah! Já ía me esquecendo: Lelê também dança, mas não no sentido funk da palavra. Ela é bailarina das clássicas gente! Daquelas de antigamente que realmente praticavam a maravilhosa arte de dançar, e não essas coisas que a gente vê por aí. Parabéns Lelê! Que seu entusiasmo por todas as coisas que faz, que sua alegria permanente e que sua dedicação a arquitetura, sejam sempre assim, constantes!!! Deixo, para ti, uma pequena homenagem de gratidão, pois você foi mais uma das gratas e enormes surpresas do mundo virtual!!



O verdadeiro amigo
Compreende.

Releva.
Nunca abandona
o verdadeiro amigo.
Ele pode nem estar 
ao seu lado agora.
Mas certamente,
estará sempre contigo.

Clarice Pacheco
Beijos
Pin It Now!

8 comentários:

Bell disse...

Sabia que seu carinho com os amigos me emociona? Acho bonito demais isso vice???
Beijouuus e melhoras...Bell

Andreia Lica disse...

Ainda bem que temos amigas para nos avisar dos aniversários.
A Lelê é uma querida, sempre prestativa e muito fofa! Parabéns para ela. E para vc tbm por este carinho.

Bjão

Caroline Delvaux disse...

Vivo comentando que essa foto dela é chiqueeeee demais.
Parabéns!!!
Bjkas,
Caroline Delvaux

Caroline Delvaux disse...

Vivo comentando que essa foto dela é chiqueeeee demais.
Parabéns!!!
Bjkas,
Caroline Delvaux

Giuliana: disse...

Oi Lola,

Você na minha casa e eu aqui na sua...haha

Lelê é uma linda, merecedora de todo carinho. Amiga para todas as horas, sensibilidade à flor da pele, dedicação extrema. Digna de muita admiração.

E você é outra linda, sempre nos homenageando com tanto carinho! =)

Beijos

Ana Paula Santiago (inventandocasa.blogspot.com) disse...

Epa, primeiro vou puxar tua orelha!!!
Fiquei tão preoupada ontem!!! Faz isso de novo, não! E te falo porque já fiz a mesma coisa, já deixei me arrasarem e corri risco de vida. Fui parar no hospital, fiquei internada por 2 dias. Tive que tomar injeções anti coagulantes e Nâo Vale a pena. Nada vale a pena se custar nossa vida ou saúde.
Se for preciso grite, reaja na hora, dÊ seu jeito. Eu por exemplo, deixei de ter contato com a família do meu marido. E foi a melhor coisa que fiz na vida!!! Me sinto tão livre, tão melhor. Pra chegar neste desfecho, já passei por cada situação, nem te conto!!!
Mas meu conselho é, pense com calma qual é o melhor caminho pra vc seguir e aja. Não envenene seu corpo. Seus filho precisam de vc, vc é jovem, bonita, uma vida cheia de possibilidades e sonhos a realizar. Não se renda às emoções! Cuide-se, eu tb preciso de vc, e saudável, viu!!!!
bjs

Liliane de Paula disse...

A Letícia me abandonou.Ou melhor, abandonou meu blog. Daí tive que abandona-la.
A foto do casamento dela está muito bonita. Acho que já tinha visto, lá

Leticia disse...

Lola,
minha amiga louca... espero de coração que você esteja melhor! Que a pressão baixe! Mas please, se cuida, heim? Vou ser chata e ficar pegando no seu pé!!!
Agora a parte boa, super obrigada pelo carinho, pela homenagem!! Fiquei tão feliz com os parabéns pelo mundo virtual... super mesmo. Não comentei com o marido, porque ele não entenderia... eu organizei um churras para a minha família e para os meus amigos mais próximos. E meus amigos furaram (só uma foi... querida demais). Estava super chateada, pensando em desmarcar, ai, comecei a pensar, meu aniversário não foi ruim não... foi ótimo por sinal! De uma forma super especial vocês tornaram não só a sexta, mas o meu sábado, meu domingo, super hiper mega especial... fiquei tão feliz! Q bom que a felicidade vem de onde menos esperamos, não?
Beijos e obrigada!
lelê